Liderança, Motivação, Trabalho em Equipe

Trabalho em Equipe

Uma historinha para refletir.

​​”A família de tartarugas decidiu sair para um piquenique, e por serem naturalmente lentas, levaram alguns dias para prepararem-se para seu passeio. Finalmente a família de tartarugas saiu de casa para procurar um lugar apropriado, e durante o segundo dia da viagem encontraram o lugar ideal!
Elas levaram algumas horas para limpar a área, desembalaram a cesta de piquenique e terminaram os arranjos. Quando elas estavam prontas pra comer, descobriram que tinham esquecido o sal. Poxa, todas concordaram que um piquenique sem sal seria um desastre, e após uma longa discussão, a tartaruga mais nova foi escolhida para voltar em casa e pegar o sal, pois era a mais rápida das tartarugas.
A pequena tartaruga lamentou, chorou, e esperneou, mas concordou em ir com uma condição: que ninguém comeria até que ela retornasse. A família concordou e a pequena tartaruga então saiu para buscar o sal.
Três dias se passaram e a pequena tartaruga ainda não havia retornado. Cinco dias… Seis dias… Então, no sétimo dia, a tartaruga mais velha, que já não agüentava de tanta fome, anunciou que ia comer, e começou a desembalar um sanduíche.
Quando ela deu a primeira “dentada” no sanduíche, a pequena tartaruga saiu detrás de uma árvore e gritou:
– Ahhãããããã! Eu tinha certeza que vocês não iam me esperar. Agora é que eu não vou mesmo buscar o sal!”

No trabalho em equipe, e também em nossas vidas, muitas vezes as coisas acontecem mais ou menos desse jeito. Desperdiçamos muito tempo esperando que as pessoas vivam à altura de nossas expectativas, e ficamos tão preocupados com o que os outros estão fazendo, que deixamos de fazer a nossa parte; de fazer o que se espera de nós.
Entre o estímulo e a resposta, há um espaço, onde estão a liberdade e o poder de mudar as nossas escolhas. Entre qualquer coisa que tenha acontecido ou esteja acontecendo a você neste momento, e a sua resposta a elas, há um espaço em que você tem a liberdade e o poder de escolher a sua resposta. E estas respostas é que vão governar o seu crescimento, suas realizações e suas contribuições para que você e a equipe se tornem cada vez melhor.
Se os outros não estão fazendo a parte que lhes compete, em vez de deixar-se influenciar por esta situação, escolha fazer o melhor, decida fazer a sua parte com excelência, porque dessa maneira você é quem influenciará as pessoas, ajudando a tornar a equipe e o ambiente de trabalho melhores a cada dia. 😉

#trabalhoemequipe

Anúncios
5am Club, Artigos Complementares, Motivação

5am Club

Olá,

Você já ouviu falar do clube das 5h ou 5am club?
É um grupo seleto de pessoas que decidem, por conta própria, acordar às 5h da manhã.
São os chamadas “high achievers” ou grandes realizadores. Grandes empresários como, Tim Cook (CEO da Apple), Robert Iger (da Disney), Richard Branson (da Virgin), Howard Schultz (do Starbucks) e Benjamin Franklin são alguns dos adeptos.
A ideia principal é ser produtivo, então, a minha sugestão é que você faça uma lista diária de atividades, e ao acordar, vá eliminando uma a uma.
Confesso que, não é nada fácil pular às 5h da cama, assim, por livre e espontânea vontade, mas os benefícios (tirando o sono que talvez você irá sentir durante a semana e que pode te fazer desistir) são muitos!
Pesquisei algumas vantagens daqueles que já são adeptos e vou te contar também como está sendo minha experiência.

IMG_3617

1 – A vantagem psicológica de já estar na ativa quando a maioria das pessoas ainda estão sonhando é indescritível, você sai na frente.

2 – Você começa o dia preparado, sem pressa, com tempo para colocar as ideias no lugar, sensação de eficiência e objetivos traçados, com certeza a sua produtividade aumenta.

3 – Reserve as duas primeiras horas do dia para você! Desligue o celular, a TV, rádio, etc… Permita-se meditar, pensar na vida, tomar um café tranquilo, ler um livro, essa dica é fundamental.

4 – Te permite aproveitar a paz e o silêncio, aproveite e escute o som dos pássaros, e se tem algo pra estudar, estude, é um momento muito produtivo onde sua mente está tranquila e serena.

5 – Você vai se sentir mais feliz e saudável. A sensação de estar no controle da sua vida é impagável, e quando você quiser poderá se dar ao luxo de acordar mais tarde, não ficando com peso na consciência.

Como programei minha lista de atividades semanal:

Primeiramente, comece dormindo mais cedo e coloque o despertador longe de você para que você possa levantar para desligar. Ah, uma música agradável no despertador também ajuda.
Meus horários de trabalho não são muito comuns, faço escalas variadas, então, em alguns dias executo as atividades de manhã e em outros a noite.

1 – Logo ao levantar, fazer um alongamento e exercício físico ajuda a despertar seu corpo (qualquer tipo de exercício é válido, esteira, bicicleta, pular corda, yoga, etc). Fazer exercício físico te dá um pique danado e ainda ficamos com a agradável sensação de “estou saudável e dever cumprido, posso fazer qualquer coisa do meu dia, afinal, o exercício físico já foi realizado”.

IMG_7686

 

2 – Tomar café com calma e ler um livro. Tire um tempinho pra relaxar, pensar na vida, se for o caso, fazer uma leitura, alinhar seus pensamentos e traçar algumas metas. Geralmente nesse momento surgem os insights.

IMG_3614

3 – Tire um tempinho pra checar e dar andamento em algo que você esteja estudando, um curso livre, uma faculdade, MBA, enfim, é sempre bom estar em busca de conhecimento.

IMG_3618

4 – Separei cerca de 1h por dia para fazer atividades domésticas, então, durante a semana, vou eliminando uma a uma e não fico muito cansada. No final de semana deixo os itens mais fáceis, como lavar roupa e passar roupa (o que no meu caso não é muito). A ideia é ter o final de semana livre para aproveitar momentos com a família e de descontração e descanso. Uma dica boa também é deixar previamente estipulado ou congelado os alimentos que você irá consumir durante a semana, dessa forma, não passará muito tempo na frente do fogão.

5 – Para o final de semana também reservo um tempinho pra cuidar de mim, fazer as unhas, cuidar da pele e cabelo, esse tipo de coisa.

6 – Duas vezes por semana faço Pilates ao sair do trabalho, isso completa a missão “exercícios físico” e tento fazer pelo menos uma vez por semana uma sessão de massagem terapêutica, ajuda muito a relaxar.

Com bastante disciplina, vontade e comprometimento você conseguirá executar várias tarefas por dia. É possível. Foque na organização e seja persistente.

Que tal tentar por alguns dias e quem sabe algumas semanas? Você consegue! 😉
Deixe comentários sobre a sua experiência!

Até breve, high achievers! 

Artigos Complementares

Organizações: Vínculo e Imagem.

Olá,

Esse post tem por finalidade desenvolver assuntos, idéias e opiniões relacionadas ao texto: Organizações: Vínculo e Imagem – Revista Administração de Empresas, Jul./Set. 1991.

Atualmente muito se fala sobre as novas técnicas que as organizações estão usando para recrutar, selecionar e entrevistar candidatos para vagas específicas da empresa.

Essas técnicas são referentes à vida pessoal do candidato, ou seja, técnicas nos quais é possível identificar se a pessoa “combina” com a empresa.

É importante ter funcionários felizes trabalhando, e é isso que a maioria das empresas estão buscando, uma combinação entre empresa e funcionário, onde ambos serão beneficiados.

Esse assunto está sendo cada vez mais trabalhado porque as empresas estão tomando consciência de que seus funcionários produzem mais em um ambiente mais feliz, onde seu trabalho é reconhecido. E o que mais se busca é reconhecimento, o poder pelo qual nos tornamos respeitados e somos inclusos na sociedade como pessoas de destaque, é o que todo mundo quer, é o que todo mundo busca.

No texto estudado é falado sobre o “Ego Imaginário” onde sua imagem é construída a partir do que as outras pessoas dizem a seu respeito, acredito que isso nos faz querer ser o que a sociedade nos pede.

Para a formação do “Ego Ideal” é necessário primeiramente seguir em busca da identidade, aquilo que realmente somos e que não deixaremos de ser. Existe um processo grande até esse “Ego Ideal”, e as pessoas criam uma regra em cima disso, onde as coisas têm que acontecer conforme a sociedade pede.

Desde muito cedo o individuo luta por status, reconhecimento e a busca da identidade. É importante que se sintam realizados, sabendo que é uma pessoa responsável, criando com isso uma identidade social.

As organizações além da sociedade, têm grande poder sobre os indivíduos que nela trabalham, mexem com o psicológico, com o estado físico e com os sentimentos, por isso é de suma importância pensar no funcionário não apenas como um número, mas sim como pessoas a serem trabalhadas a fim de torná-las mais produtivas para a empresa.

De qualquer forma o individuo estará preso ao controle que a empresa e a sociedade têm sobre ele, afinal, ele precisa trabalhar para comprar e para estar ativo na sociedade.

É inevitável, em minha opinião, que as coisas funcionem sem ter um processo mecanicista por trás de tudo, estou comentando a respeito por que mesmo que as empresas trabalhem a fim de dar melhores condições ao trabalhador (que também são minhas opiniões de como as coisas funcionam ou se ainda não funcionam em algumas empresas, deveriam funcionar) não é aconselhável exterminar totalmente o modelo mecanicista, afinal tudo precisa ser controlado e tudo deve ter regras.

O agir da organização sobre seus funcionários faz com que o “Ego” da organização também seja construído a partir do que eles pensam e passam adiante, por isso a importância do bom funcionamento de todos os setores da organização, fazendo com as pessoas aceitem e respeitem os processos.

Todos nós buscamos status, reconhecimento, vida social estruturada e com isso a procura do “Ego Ideal”, e as organizações têm um grande papel nos processos de nossas vidas, sendo que sem o trabalho, o homem em sua maioria não se sente como parte da sociedade.

😉

Artigos Complementares

Máximas da Negociação.

Diante qualquer situação de negociação existem algumas máximas que são consideradas primordiais se você quer atingir bons resultados.
Aqui apoiamos sempre a técnica “ganha-ganha”, onde os dois lados saem satisfeitos de uma negociação.

Essas são as máximas utilizadas no mundo dos negócios:

-Negociar é uma arte;

-Estamos constantemente negociando;

-Bons negociadores desenvolvem Networking;

-Quem não é visto, não é lembrado;

-Bons negociadores formam equipes/são bons líderes;

-Cuidado com a rotina;

-Um bom negociador decide;

-Um bom negociador é bom observador;

-O êxito da negociação depende da sua preparação;

-Saiba ouvir mais do que falar;

-A pressa é inimiga da negociação;

-Bons negociadores formam vínculos;

-Bons negociadores sabem fazer perguntas; (Não dirigidas)

-Bons negociadores desenvolvem a sua audição ativa;

-Contra fatos não há argumentos;

-Nunca de nada de graça;

-O que é combinado não sai caro; (Formalize)

Fonte: Prof. Homero Salvador Amato – Aula de Pós-Graduação em Métodos e Técnicas de Negociação.

Motivação

Não vou me adaptar.

Quando eu estava no curso de didática e prática para o ensino superior houve uma apresentação, de uma de nossas colegas, sobre um treinamento de equipes, que dizia bastante sobre adaptação.

Estava pensando sobre isso e acho que não quero me adaptar, não quero me adaptar a nada, pois tudo tem a possibilidade de melhorar, tudo esta em movimento e em constante mudança.

Então, estarei sempre na busca de aperfeiçoar o que me for confiado. Sejam tarefas diárias no trabalho ou até mesmo coisas da vida pessoal, que se pararmos para analisar cada uma delas, iremos encontrar meios para fazer melhor.

Sei que falando parece ser fácil e na prática talvez seja mais difícil, pois temos a mania de ficar na zona de conforto, e para algumas pessoas quanto menos modificação melhor, quanto mais rápido você se adaptar a um emprego novo, melhor ainda. Mas pense bem, e analise, é muito mais gostoso e motivador querer não se adaptar.

Quando a gente se adapta a alguma coisa e os anos vão passando, você não sente aquela vontade de curtir a adrenalina do começo de tudo? Pois é… então, antes disso acontecer, pense assim: Não vou me adaptar a isso, não vou me acomodar, vou modificar!

E faça de cada dia um novo começo!

Não Vou Me Adaptar – Titãs
Composição: Arnaldo Antunes

Eu não caibo mais
Nas roupas que eu cabia
Eu não encho mais
A casa de alegria
Os anos se passaram
Enquanto eu dormia
E quem eu queria bem
Me esquecia…

Será que eu falei
O que ninguém ouvia?
Será que eu escutei
O que ninguém dizia?
Eu não vou me adaptar
Me adaptar…

Eu não tenho mais
A cara que eu tinha
No espelho essa cara
Não é minha
Mas é que quando
Eu me toquei
Achei tão estranho
A minha barba estava
Desse tamanho…

Será que eu falei
O que ninguém ouvia?
Será que eu escutei
O que ninguém dizia?
Eu não vou me adaptar
Me adaptar…

Não vou!
Me adaptar! Me adaptar!

Motivação

Motivar? Será!?

É, tem dia que não dá né…

Sabe aqueles dias que se você pudesse sairia correndo, gritando, buscando liberdade e uma praia? rs… então…

Fico pensando nas táticas que as empresas usam para reter funcionários, acho legal, mas tem o outro lado da moeda, ou seja, empresas que usam algumas táticas para desmotivar funcionários. E acho isso horrível. Me doí saber que estou estudando sobre minha área e tentando ser melhor enquanto existem milhões de pessoas dando passos pra trás.

Vocês conseguem acreditar que existem “líderes” que desmotivam os funcionários de propósito? Pois é…

Agora você deve estar pensando porque esses “líderes” fazem isso!? Eu tenho algumas idéias… Acredito que o principal motivo é que a empresa não quer mais os seus serviços ou tá de saco cheio de você, não porque você seja um mau profissional, mas porque você é bom demais pra estar ali, só pode ser isso.

Conheço alguns casos onde a empresa faz de tudo pra você pedir demissão e você começa a ver funcionários chorando pelos cantos e pedindo socorro, querendo sair da empresa e não ter pra onde ir… Daí começa a procurar outro emprego e no emprego atual sofre mais ainda por conta disso. Afinal, se você está procurando emprego, uma hora você vai cair fora, porque não acelerar esse processo?

Enfim, é só um desabafo! Pessoas sempre irão nos julgar por coisas que escrevemos e que falamos, mas eu como uma pessoa que trabalha com pessoas me sinto na obrigação de gritar que as coisas precisam melhorar.

Ou a geração Y vai tomar conta do mercado ou os X vão passar a vida deles entrando em confronto e tentando demitir os mais novos.

Lembrei de uma amiga que passou por situações desse tipo e claro teve que pedir demissão, mas fico feliz, muito feliz em saber que hoje ela está bem e feliz no trabalho atual.

Não acho certo empresas usar pessoas, achar que somos um produto e na hora que não servir mais da um jeito de jogar fora. É bem mais fácil abrir o jogo e mostrar a situação da empresa e no mínimo mandar a pessoa embora de cabeça erguida, nunca se sabe o dia que você vai precisar de um profissional e é claro nunca se sabe quando iremos precisar de uma empresa, mas melhor que ficar acabando com o estado emocional do funcionário é ser sincero e fazer as coisas certas.

A empresa não vai a falência em mandar um funcionário embora mas o funcionário perde muita coisa se pedir demissão.

Enfim, mais uma vez, rs… não acabem com a qualidade de vida de seus funcionários, uma hora é claro eles não vão aguentar e vai sair da empresa, mas a consciência pesada será de vocês!

Como diria meu professor Homero: TRISTEEEEEEEEEEEE!!!!

Recursos Humanos

Felicidade no Trabalho.

É legal saber que as organizações preocupam-se com a felicidade dos funcionários.

Nas empresas o RH tem a atividade de medir o clima no trabalho e desenvolver programas e treinamentos para aumentar a motivação e ajudar os funcionários a serem mais felizes trabalhando.

Mas essa questão é mais pessoal do que profissional. Na verdade a felicidade torna-se real quando envolve todos os setores da vida. Muitas pessoas dizem ser felizes por ter um bom emprego. Mas apenas isso basta?!

A felicidade tem de girar em torno de tudo que fazemos, desde profissional até pessoal, isso sim é ser feliz de verdade.

BUSCAR VALORES NAS COISAS QUE FAZEMOS E SENTIDO NA VIDA QUE LEVAMOS.

Devemos ter momentos de alegria no presente e nos esforçar para que no futuro com o cumprimento de metas tenhamos mais alegrias por tê-las conquistado.

E é claro, buscar desafios para que possamos estar sempre nos realizando.

Eu estava um pouco deprimida achando que as coisas não estavam dando certo pra mim, mas percebi que Deus nos da o que precisamos na hora certa. Então precisamos viver e sermos felizes com o que temos, tenho certeza que temos mais que o suficiente.

Estou feliz. Que todos vocês também sejam e percebam como as coisas ao seu redor podem se tornar boas, basta você acreditar!

ÓTIMO DOMINGO. 🙂