Recursos Humanos

Home Office.

ATENÇÃO!!!

ESSE BLOG MIGROU PARA O ENDEREÇO:

http://consultoriaemcarreira.com.br

ACESSE O NOVO BLOG E CONTINUE ENVIANDO AS SUAS PERGUNTAS.

OBRIGADA,

MARINA GOMES
___________________________________________________________________________________________________________________

Ah! Como eu gostaria de trabalhar em casa…
Estava lendo sobre o assunto e resolvi escrever algumas coisas porque acredito ser o sonho de todos, né?!
Nada como comer bem, pois esse é um ponto, nada como ter tempo para trocar idéia com a família, buscar os filhos na escola, entre outras coisas. Ou seja, menos stress, nada de enfrentar trânsito…
Esse é o sonho de muitos profissionais e tem se mostrado cada vez mais uma tendência para o mercado.
Mas a pergunta é: a empresa em que você trabalha adotaria essa questão? Para algumas organizaçãoes isso ainda é um absurdo e para outras é um ganho a mais, aumento de produtividade, criatividade e comprometimento estão entre os principais benefícios apontados por líderes de equipes.
Existem aqueles colaboradores que precisam ser cobrados pelos líderes constantemente, esses por sua vez, não tem perfil para trabalhar em casa, mas pode adquirir com força de vontade, disciplina, cumprimento de prazos, além de gerenciar sua produção.
Para as empresas que tem receio de adotar essa nova tendência por conta das leis trabalhistas digo que as leis para os trabalhadores home office são exatamente as mesmas das aplicadas a um colaborador “comum”. A única exceção é a concessão do vale transporte que, por motivos óbvios, torna-se desnecessária.
Interessante é colocar no contrato a obrigatoriedade de reuniões periódicas no escritório para cobrar resultados e alinhamento da equipe. Nesses casos, o ônus do deslocamento até o local é arcado pela empresa.
Claro que essa mudança do escritório para casa deve ser gradativa, não precisa ser totalmente radical. A empresa têm de estar bem preparada e os funcionários também. Deve-se implantar sistemas de avaliação, comunicação direta e supervisão.
Trabalhar em home office não é apenas estar em um lugar agradável, é a economia que isso gera. Afinal, se o colaborador gerenciar bem seu tempo, a empresa ganha em produtividade e tem menores custos, o que interfere diretamente na lucratividade.
Além do mais para aqueles que já trabalham em casa esse é o melhor de todos os mundos: flexibilidade, conveniência e controle sobre a própria vida.
Sem ônibus lotados, fumaça, trânsito e engarrafamentos. Um ambiente sem tantas interrupções. Enfim, qualidade de vida!
Se o seu funcionário tem perfil para aderir a esse modo de vida, então por que não permitir que ele trabalhe em casa?
As vantagens para a empresa giram em torno de aumento da concentração, autonomia, criatividade e resultados.
Para aqueles que já estão ou querem chegar nesse mundo faça de seu trabalho sua verdadeira realização profissional, sua paixão, não uma saída para não fazer nada.

Anúncios